*Mensagem Nº 18* –10/08/2017

*Mensagem Nº 18* –10/08/2017

Escolhemos para esta 1ª postagem de agosto, mês no qual, no Brasil, se comemora o *DIA DO PSICÓLOGO*, o tema *DIÁLOGO SOCRÁTICO*.

Viktor Frankl propõe um diálogo no sentido socrático, como principal técnica de trabalho da logoterapia, parte fundamental de seu método psicoterapêutico. É uma proposta centrada na pessoa, para que esta se faça consciente de sua própria liberdade de escolha, respondendo por si mesma perante sua vida e assumindo a angustia que a liberdade contém em sua essência. Pode-se dizer que o logoterapeuta é um parteiro dos recursos da pessoa que o procura. A tarefa do Diálogo Socrático é ampliar a imagem, a perspectiva, o “campo de visão”. A Logoterapia usa o Diálogo Socrático como Sócrates o usava, para “parir” a verdade, o noético/espiritual.

É importante esclarecer que este método se aplica também em outras áreas correlatas, como por exemplo à pedagogia, aconselhamento, desenvolvimento humano, com formas e propósitos diferentes.

O diálogo socrático reúne 3 aspectos metodológicos e atitudinais que constituem a base do processo logoterapeutico:

– Atitude socrática – como perguntar?

– Perguntas socráticas – 3 perguntas básicas

– Apontamentos socráticos – intervenções

Trata-se de um estilo de conversação e acompanhamento, é uma maneira de ser e relacionar-se com as pessoas em busca de apoio e aprendizagem, sendo ao mesmo tempo, fácil e difícil de utilizar, fácil porque consiste simplesmente em aceitar humildemente que não se sabe a “verdade” e há um desejo profundo de indaga-la com autêntica curiosidade e grande amor em acompanhar as pessoas em suas buscas, porém é difícil justamente pela necessidade de aceitar humildemente que não se sabe a verdade e que podemos simplesmente acompanhar o outro em sua busca, sem ser o protagonista, apenas um simples companheiro de viagem. São perguntas feitas para que o outro encontre o melhor de si, não para encontrar o poder de quem pergunta.

Selecionamos um excelente artigo em espanhol, de Alejandro Paredes, intitulado DIÁLOGO SOCRÁTICO EN LOGOTERAPIA.

Sempre comento com meus alunos que ao estudar a Logoterapia, ganhamos um curso de espanhol, afinal há muitos livros e artigos científicos publicados nesse idioma. Assim, vamos praticar!

SOBRE O AUTOR

Alejandro Khaled Salomón Paredes, docente de la Facultad de Psicología y Humanidad es de la Universidad Femenina del Sag rad o Corazón, director del Centro Psicoterapéutico Logos (CPL).

RESUMO

la principal herramienta psicoterapéutica de la Logoterapia, profundizando en la metodología, la actitud del terapeuta y los campos de intervención sobre la persona. Se incluyen numerosos ejemplos de abordajes, preguntas clave y señalamientos. Se acude a autores como V. Frankl, E. Lukas, J. Fabry, E. Martínez, entre otros, en relación a lo que esta forma de conversación terapéutica representa en aras de movilizar la libertad de cada consultante.

Para ler o artigo completo acesse o link a seguir:

http://www.unife.edu.pe/publicaciones/revistas/psicologia/2014/AVANCES.A.Salomon.pdf

Boa leitura!

Abraços e até breve!

Simone Guedes